A Konami precisa levar PES a sério!

pes-2015

Sou um grande fã da franquia PES há muito tempo. Sempre gostei do estilo dinâmico do game, o modo como você podia realizar tantas mudanças e de forma tão rápida.

Por que eu estou falando no passado? Por que hoje o PES está muito abaixo da franquia FIFA. Isso me entristece como fã. No decorrer dos anos vi amigos meus se tornarem “fifeiros”, enquanto eu insistentemente defendia o meu game tradicional com unhas e dentes.

Mas o fato é que apesar das melhorias, o PES 2015 caiu no esquecimento. Claro, perto da versão 2014, o 2015 é um luxo. Porém, ainda não consigo compreender determinados conceitos da Konami.

O primeiro ponto que quero destacar são os goleiros. Gente, por mais que eles tenham ganho reações e “alguns movimentos” novos, eles ainda realizam defesas no estilo “canguru” (com a mão encolhida) e são praticamente “bativéis”. Onde o Buffon pode tomar o mesmo gol que o Deola. Então, existe uma “indiferença” enquanto a qualidade deles.

A minha segunda colocação é sobre a narração. Por que o Silvio Luiz ainda é narrador da franquia? Fifa inovou com a dupla Tiago Leifert e Caio Ribeiro. Isso me enche de inveja. Não aguento mais escutar: – Olha lá a bola tá indo pro meio do pagode! Chutou o melão na trave. Tremeu o barraco!

Não tenho nada contra o Silvio Luiz e suas falas futebolísticas. Mas é algo que já tá no passado. A Konami parece que não quer se preocupar em oferecer o novo. Imaginem como iria vender aqui no Brasil só pela curiosidade de ouvir uma dupla nova narrando.

O terceiro ponto é melhorar a Master League consideravelmente. Voltar com a opção de “criar um time”. Onde você podia montar os uniformes, escolher o estilo da torcida e usar toda sua imaginação. A Konami precisa devolver a liberdade para o fã usar sua criatividade dentro do game.

E o último ponto que quero destacar, é a emoção. Futebol é sentimento. E talvez os japoneses não tenham se tocado disso ainda. Tá na hora de revolucionar o game com os jogadores gritando, demonstrando interesse e isso aplicado nas competições mais importantes. Eu quero jogar uma libertadores sabendo que o clima será diferente.

Então, depois disso tudo, talvez exista uma solução. Mas claro, nem todos ficarão contentes com isso. Acho que tá na hora do PES parar de ser uma franquia anual. Olhem o GTA, por exemplo, demora pra sair, mas vem um jogaço. É hora da Konami pegar o PES e ter um tempo para produzi-lo com calma. Por que depois do erro que foi PES 2014, não da pra perdoar.

@_Luizblogger / Luiz Menezes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s