Por que o futebol brasileiro decaiu tanto?

neymar-chora-durante-a-execucao-do-hino-brasileiro-antes-do-jogo-contra-o-mexico-no-castelao-1403032354988_956x500

A seleção canarinho é apenas um espelho da realidade dos jogadores brasileiros e dos técnicos mal atualizados. Inclusive, passamos por uma crise no que se deve a revelação de talentos. E essa “péssima safra” está tendo reflexos internacionalmente.

É obvio que o futebol brasileiro não é mais um atrativo para os jovens destaques. O sonho de todos é a Europa, pelo dinheiro, fama e a oportunidade de atuar ao lado de grandes estrelas do esporte. Por isso uma revelação não fica mais do que um ou no máximo dois anos no Brasil. E com ofertas de milhões de euros, os clubes acabam cedendo.

Então o jogador acaba se privando de melhorar. De mostrar todo o seu potencial e ser reconhecido no país do futebol. O atleta não vai “lapidado” para a Europa. Tanto que todos os brasileiros no exterior são considerados apostas. Ou seja, vendemos “possíveis” craques.

O último que surgiu aqui no Brasil foi o Neymar. Ninguém pode questionar a habilidade dele, mas quando foi para o futebol espanhol, sofreu com a adaptação e o novo sistema de jogo. Inclusive torcedores do Barcelona o chamavam de “falsa jóia”, no início.  Claro, depois de algum tempo ele foi se destacando, evoluindo e hoje é campeão da UEFA Champions League.

Mas algo deve ser creditado ao Santos. O clube segurou ao máximo a transferência do craque. O que todos os outros clubes deveriam ter feito com outros destaques, e não liberá-los pela primeira oferta. Hoje o campeonato brasileiro é muito fraco tecnicamente por causa disso. Não existem mais jogadores ousados, que jogam bonito.

E como se não fosse o suficiente, isso tomou tantas proporções que hoje atinge a seleção brasileira. Um time que se apoia no Neymar apenas. Essa dependência é a maior prova de que o Dunga também não estava preparado para ser treinador novamente. Por que não é possível enxergar padrão.

Em todos os jogos, onde o Dunga foi técnico e o Brasil ganhou, dava pra notar que o Neymar era o fator decisivo sempre. Gente, isso num time de várzea é compreensível, num time pequeno do campeonato brasileiro também, mas numa das maiores seleções do futebol mundial, é piada. Um time de um jogador só.

O Brasil precisa aprender a ser humilde. Nosso futebol não é mais o melhor do mundo. Seleções europeias estão inovando e se adaptando. Técnicos estrangeiros estão conseguindo moldar melhor as suas ideias do que os profissionais brasileiros. E o mais importante, é aprendermos a desenvolver os jovens talentos aqui.

Texto: Luiz Antunes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s