NÃO É SOMENTE UMA FANTASIA!

13445729_575692279267490_8532507009123837773_n

Cosplay é a arte de se fantasiar ou viver um personagem que se admira. A palavra de origem inglesa é a mistura de Costume (Costume) e Roleplay (Diversão). Ou seja, o significado é literalmente a representação de um personagem a caráter.

A criatividade, acompanhada de dinheiro e vontade, é a combinação certa para fazer um cosplay. É algo que demanda, principalmente, tempo. A roupa pode ser adquirida pronta em sites especializados ou confeccionada por costureiras.

Hoje em dia, existem diversos eventos somente para juntar esse público, pela tamanha atratividade que isso gera. Onde é possível encontrar pessoas que não somente vestem a roupa, mas se expressam através dela.

– Tem muita haver com identificação. Existem elementos de um personagem que a pessoa quer ser ou gostaria de ser. Também pode ter algo relacionado a gostar de chamar a atenção, afinal um cosplayer é alvo das câmeras. Do ponto de vista psicológico, alguém que tem dificuldade em se definir, pode querer assumir as características de personagens para tentar se moldar. Não necessariamente é patológico. – Disse Kelvin Oliveira, 20 anos, estudante de psicologia da PUCRS.

Os jovens de 14 até 18 anos são os que mais realizam esse tipo de prática. Seguidos pelos adultos de 20 até 40 anos e depois pelas crianças de 5 até 10 anos. Um dado que revela que isso não é rótulo para adolescentes nerds.

O ganho cultural através do que os personagens representam ou fazem, podem influenciar novos leitores de quadrinhos, livros ou até mesmo novos escritores, que desejam fazer sua história através de fanfics.

– Existe ganho cultural. Você entra na história e quer pesquisar mais. Isso te faz descobrir novos universos. Eu consigo ser outra pessoa, me sinto bonita e consigo vivenciar coisas pelas quais sou apaixonada. Meu primeiro cosplay foi de garparzinho aos cinco anos, fiz com um lençol e grampeador. – Disse Paula Maders, 18 anos, estudante de psicologia da FADERGS.

Inclusive, diversas vezes a junção de um determinado grupo de cosplay pode significar um novo fã clube ou até mesmo um grupo para atividades beneficentes. Como a legião do bem, que visita hospitais, asilos e procura auxiliar na arrecadação de fundos para essas causas.

Se fazer cosplay for uma moda da nova geração, precisa ser mantida. Pelos seus ganhos culturais e por principalmente dar a oportunidade ao jovem de se expressar sem ser julgado, nos eventos que irá.

Escrito por: Luiz Antunes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s